Arquivo da tag: Política

“Não fale em crise, trabalhe” – Acumulando funções em tempos difíceis

Por Vinícius Volcof Antunes

Como muitos devem lembrar, a esdrúxula frase acima foi proferida pelo Presidente da República, Michel Temer, em seu primeiro pronunciamento oficial[1], na aparente tentativa de acalmar os brasileiros diante da crise econômica que ameaçava a empregabilidade no país. Quase um ano depois, apesar da reversão de certos índices econômicos, a taxa de desemprego alcança 13,7%, ou cerca de 14,2 milhões de pessoas (IBGE, 2017[2]). Dentro do escopo da produção científica nacional, três movimentos podem ser associados a esse cenário de inseguranças: dificuldades financeiras ou falência de instituições públicas de ensino e pesquisa, como a Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ); cortes de financiamento nos órgãos de fomento, como no CNPq [3]e o atraso cumulativo das bolsas da Farperj[4]; e a contingente articulação dos profissionais em protestos e paralisações, como na recente Marcha pela Ciência[5], ocorrida em contexto global.

Nesse texto sugiro como a recessão econômica que atinge diretamente o emprego e a produção nacionais também expõe um duplo caráter das ciências sociais e de seus agentes, que teriam que cumprir a demanda de “explicar” ou “dar respostas” a fenômenos complexos de um mundo em rebuliço, ao mesmo tempo que eles mesmos vivenciam os efeitos dessa instabilidade. Assim, subvertendo a epígrafe presidencial, a ciência social seria aquela que trabalha falando de crise, tendo indissociável uma da outra.

Continuar lendo “Não fale em crise, trabalhe” – Acumulando funções em tempos difíceis

Anúncios

Uma elite necessária? Intelectuais, poder e sociedade

Por Edmar M. Braga Filho

Talvez não seja uma atitude tão gloriosa a auto definição de alguém como intelectual. Tal ato pressupõe uma diferenciação qualitativa em relação às outras pessoas, concernente à erudição, inteligência, sensibilidade artística e literária. Sua existência só é possível através do auto reconhecimento e do reconhecimento social de sua suposta distinção frente à massa. Em última instância, tal consagração não deixa de ser elitista.

Continuar lendo Uma elite necessária? Intelectuais, poder e sociedade