Arquivo da tag: entrevista

Favelados “in Paris”: pode o acadêmico negro periférico produzir? — Entrevista com Simone Ricco

Por: Aza NoAr

O título da entrevista faz referência ao rap “Ni**as in Paris” de Jay-Z e Kanye West, onde dentre muitas coisas, revoga-se a legitimação de grupos que ocupam/invadem determinado espaço, mesmo não utilizando das mesmas formas de linguagem que os corpos até então reconhecidos como “pertencentes” a ele. Se identificou? Então cola com nós que é sucesso Continuar lendo Favelados “in Paris”: pode o acadêmico negro periférico produzir? — Entrevista com Simone Ricco

Anúncios

Atuações em Ciências Sociais: Os usos do saber antropológico – A academia não é o limite. Entrevista com Jacira Bulhões – Analista Pericial do MPF

Por: Helena Mattos

Jacira Monteiro de Assis Bulhões é analista pericial em antropologia, possui formação em Ciências Sociais pela UERJ (bacharelado e licenciatura), especialização em Relações Internacionais, atua no Ministério Público Federal com direitos socioculturais de comunidades tradicionais e possui experiência com comunidades da região do Mato Grosso onde atuou durante muitos anos. Atualmente atende principalmente comunidades localizadas no Rio de Janeiro e no Espírito Santo. A analista participou do documentário “Marãiwatsédé: O Resgate da Terra”, lançado no dia 14 de abril de 2018 pelo MPF, em uma das ações da instituição na campanha #AbrilIndígena. Nessa breve entrevista, concedida por email no dia 13 de junho, a antropóloga fala um pouco sobre sua carreira, atuação na instituição em que é servidora, desafios e usos do saber antropológico neste espaço institucional, permitindo que entremos em contato com outras possibilidades de atuação nas ciências sociais para além da atuação acadêmica. Confira!

Continuar lendo Atuações em Ciências Sociais: Os usos do saber antropológico – A academia não é o limite. Entrevista com Jacira Bulhões – Analista Pericial do MPF

Edgardo Lander e os desafios da sociologia latino-americana

Por Vinícius Volcof,

Edgardo Lander é sociólogo e professor da Universidad Central da Venezuela, além de membro do Comitê Permanente de Pesquisa em Desenvolvimento Alternativo da Fundação Rosa Luxemburg (Quito) e pesquisador associado do Transnational Institute.

Associado ao pensamento marxista, é considerado um dos líderes do pensamento sociológico latino-americano, discorrendo sobre o regime político de seu país de origem, a Venezuela, bem como sobre colonialismo científico e novas epistemologias do Sul Global. Organizador da obra A Colonialidade do Saber: eurocentrismo e ciências sociais: perspectivas latino-americanas. (Buenos Aires: CLACSO, 2005), escreveu também diversos outros trabalhos.

No Circuito Acadêmico, seu trabalho já foi analisado em Ciências Sociais, Colonialidade e Eurocentrismo: a visão de Edgardo Lander, por Ed Machado, além de inúmeras outras vezes em que fora citado.

No depoimento abaixo, concedido à professora Eloísa Martin, o sociólogo fala sobre os desafios do fazer sociológico na contemporaneidade, especialmente na América Latina:

Inscreva-se em nosso canal no YouTube!
Acompanhe nossas redes sociais: Facebook | Twitter