Arquivo da tag: ED MACHADO

DESENCANTAMENTO DA RAZÃO PURA: A SOCIOLOGIA DA CIÊNCIA DE PIERRE BOURDIEU

Por Edmar M. Braga Filho

Costumamos atribuir à prática científica um status de pureza cognitiva, que estaria ligado ao seu próprio modus operandi supostamente neutro, ou seja, à forma como cientistas realizariam o seu trabalho de compreensão, seja da natureza, seja da sociedade. Essa crença decerto é uma das razões da legitimação social da ciência. Continuar lendo DESENCANTAMENTO DA RAZÃO PURA: A SOCIOLOGIA DA CIÊNCIA DE PIERRE BOURDIEU

EM ENTREVISTA, JUAN PIOVANI DEFENDE MAIOR INTEGRAÇÃO ENTRE PAÍSES DA AMÉRICA LATINA

Por Edmar M. Braga Filho

          “A academia latino-americana tem muitos desafios. Acredito que os primeiros níveis de internacionalização e cooperação devem ser entre os próprios latino-americanos”, afirma Juan Piovani, professor da Universidad Nacional de La Plata. Em entrevista concedida no dia 5 de maio, o pesquisador fala da importância e dos impasses de uma cooperação acadêmica entre os países latino-americanos. Além disso, chama atenção para a importância da língua e do conhecimento das culturas de países que, paradoxalmente, encontram-se tão próximos geograficamente, e tão distantes intelectualmente. Continuar lendo EM ENTREVISTA, JUAN PIOVANI DEFENDE MAIOR INTEGRAÇÃO ENTRE PAÍSES DA AMÉRICA LATINA

ELOGIO DA REBELDIA ACADÊMICA

Por Edmar M. Braga Filho

            “É mais difícil a verdade se submeter ao mercado que um camelo passar pelo buraco de uma agulha, profere de forma contumaz o editor da Harvard University Press, Lindsay Waters. Nesta reflexão, baseada na obra do autor, vários pontos polêmicos a respeito da produção do conhecimento nas Humanidades serão problematizados. Leia, reflita e, sobretudo, participe!

Continuar lendo ELOGIO DA REBELDIA ACADÊMICA

Ciências Sociais, colonialidade e eurocentrismo: a visão de Edgardo Lander

Por Edmar M. Braga Filho

É possível falar numa sociologia universal? As experiências de uma determinada sociedade podem ser comparadas às de outra, num contexto histórico e espacial diferente? Como universalizar o que se deu num contexto específico? Há relações de poder nesta generalização da teoria social? Tais questões são problemáticas, pois suscitam inúmeras discordâncias entre os estudantes e profissionais das ciências sociais. Estes questionamentos são tratados no texto de Lander, que se encontra numa coletânea por ele organizada. Edgardo Lander é um sociólogo venezuelano, professor titular da Universidade Central da Venezuela, e vem trabalhando nesse assunto há vários anos. O livro é composto por artigos de autores vários, e problematiza a colonialidade do saber latino-americano pelo eurocentrismo.

Continuar lendo Ciências Sociais, colonialidade e eurocentrismo: a visão de Edgardo Lander

Entrevista com a professora Elisa Reis

Por Edmar M. Braga Filho

Para a professora Elisa Reis, na busca pela internacionalização das Ciências Sociais, investimentos em projetos colaborativos são mais eficazes que investimentos em traduções e participações em congressos no exterior.

Continuar lendo Entrevista com a professora Elisa Reis