Arquivo da tag: ED MACHADO

Contra o gênio individual

Por Edmar M. Braga Filho

 

Frequentemente associada à imagem de uma pessoa solitária e introspectiva, a atividade intelectual evoca a crença de que a criatividade é exclusiva e singular. Ainda que poética, ela ofusca alguns aspectos que devem ser abordados. Como a figura do artista perturbado ou hipersensível, essa representação superestima o gênio individual, invisibilizando o caráter coletivo da produção do conhecimento. Além disso, ignora a complexidade da rede que está presente no cotidiano do afazer acadêmico. E é sobre isso que esse texto irá refletir. Continuar lendo Contra o gênio individual

Anúncios

A nova razão da academia

Por Edmar M. Braga Filho

Garantir a autonomia no trabalho científico não é tarefa simples, razão pela qual a carreira acadêmica está constantemente imersa em desafios. Atualmente, a situação ganha dramaticidade, especialmente levando em consideração o contexto econômico e político em que vivemos. Vem da presidente da Associação Internacional de Sociologia, Margaret Abraham, o lembrete de que as ciências sociais, no âmbito global, estão em perigo: cortes nos orçamentos e financiamentos e a redução dos departamentos em universidades constituem algumas das ameaças que rondam o cenário nos dias de hoje. Continuar lendo A nova razão da academia

Irmãs distantes: diálogos entre Ásia e América Latina

Por Edmar M. Braga Filho

letter-t37

ema de interesse do Circuito Acadêmico, a assimetria na produção e circulação do conhecimento e a dependência acadêmica constitui grande desafio para as ciências sociais contemporâneas. As razões de sua ocorrência são múltiplas: seja como efeito de estruturas operantes durante a colonização britânica na Ásia, até a permanência de condicionantes que afetam a autonomia de campos científicos periféricos. Dentre outras, uma das consequências é a marginalização da produção dessas comunidades no âmbito internacional. Continuar lendo Irmãs distantes: diálogos entre Ásia e América Latina

Especificidades e autonomia na ética em pesquisa: entrevista com Luiz Fernando Dias Duarte

Por Edmar M. Braga Filho e Leonel Salgueiro

O tema da ética em pesquisa nas ciências humanas e sociais já foi abordado diversas vezes pelo C/A. De fato, nos últimos meses o debate em torno da criação de um conselho específico para essas áreas ganhou mais atenção, mobilizando grande parte da comunidade acadêmica. Após anos de trabalho e negociação, foi aprovada a resolução que regula a pesquisa em ciências e sociais, em abril deste ano. Contudo, ainda há alguns aspectos pendentes para a sua implantação, conforme podemos verificar na página do Comitê de Ética em Pesquisa nas Ciências Humanas, que acompanha o processo. Além disso algumas modificações foram feitas pelo Conselho Nacional de Ética em Pesquisa (Conep). O antropólogo Luiz Fernando Dias Duarte esclareceu alguns pontos acerca do texto aprovado pelo Conselho, como pode ser visto aqui, e refletiu sobre novas vias de atuação.

Em entrevista ao Circuito, Dias Duarte esclareceu alguns pontos sobre o debate, ainda pertinente. A questão da ética em pesquisa pode ser vista como permeada por dois eixos: a especificidade das ciências humanas e sociais em relação às ciências biológicas, e a sua autonomia institucional. Esses dois pontos foram levantados em nossa conversa. Confira! Continuar lendo Especificidades e autonomia na ética em pesquisa: entrevista com Luiz Fernando Dias Duarte

Sociology in a tumultuous world. Interview with ISA President, Margaret Abraham

By Edmar M. Braga Filho, Leonel Salgueiro and Raphael Lebigre

We had the pleasure of interviewing Margaret Abraham, current President of International Sociological Association (ISA). Last year, she came to Brazil  to participate in a series of academic events, and Circuito Acadêmico couldn’t have missed this unique opportunity. We discussed topics about circulation of knowledge, gender inequality and activism in the social sciences. Have a look at the interview and enjoy the reading! Continuar lendo Sociology in a tumultuous world. Interview with ISA President, Margaret Abraham

As ideias são nômades — algumas mais do que outras

Por Edmar M. Braga Filho

As ideias são nômades por natureza. Elas circulam por diferentes contextos, são apropriadas e transformadas. Com o conhecimento científico não é diferente: todos os processos que o constituem, da produção à difusão, nunca ficam restritos ao local de origem. E isso se deve ao fato de que, para ganhar vida, ele precisa ser lido, reconhecido e analisado por cientistas do mundo todo. Como atividade coletiva, a ciência depende da cooperação constante para que seus resultados deem frutos e prosperem.  Continuar lendo As ideias são nômades — algumas mais do que outras

Morfologias da sociologia brasileira

Por Edmar M. Braga Filho

Uma das vantagens da sociologia é a sua capacidade de aplicar os seus princípios a si mesma, numa espécie de autorreflexão cognitiva. Atentos às configurações que constituem a vida em sociedade, os sociólogos frequentemente refletem sobre o estado da disciplina. Partindo de um ponto de vista privilegiado, a perspectiva sociológica pode apontar mais perguntas do que respostas, como tentarei mostrar neste texto ou, seguindo Dwyer, Barbosa e Braga (2013), neste “esboço de uma morfologia da sociologia brasileira”. Continuar lendo Morfologias da sociologia brasileira