Arquivo da categoria: Diálogos com o Autor

Dependência Acadêmica e Universalização do Conhecimento nas Ciências Sociais

Por: Daniel Máximo

De que maneira(s) a origem geográfica influencia as atividades acadêmicas? Que lugar ocupam as universidades e centros de pesquisa latinos no cenário acadêmico global? Quais os critérios utilizados para selecionar as referências que os estudantes de graduação em Ciências Sociais estudam? Com o intuito de explorar essas questões, abaixo estabelecerei um diálogo entre os artigos “El Karma de Vivir al Sur: Interlocuciones y Dependencia académica en las Ciencias Sociales de América Latina”, da socióloga argentina Eloísa Martín, e “Concept Misformation in Comparative Politics”, do cientista político italiano Giovanni Sartori.

Continuar lendo Dependência Acadêmica e Universalização do Conhecimento nas Ciências Sociais

Anúncios

Sociólogos Anônimos – A depressão que ninguém vê, mas todos compartilham.

Por Leonel Salgueiro,

A rotina acadêmica tem crescido como discussão sociológica atual. Também não é novidade que o padrão atual tem perturbado emocionalmente os membros de comunidades científicas diversas, como já discutimos aqui no C/A. Segundo o artigo “Saúde mental no contexto universitário dos graduandos em designer gráfico Marcelo de Costa e Yanne Barros Moreira da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, dos 2.800 estudantes que participaram da pesquisa, quase metade (47,7%) relatou ter vivido uma crise emocional recente. Porém, de que forma estamos discutindo o assunto e como acabamos despersonalizando seu impacto em nossas vidas?

Continuar lendo Sociólogos Anônimos – A depressão que ninguém vê, mas todos compartilham.

HUMANOS DAS HUMANAS: ARCADIO DÍAZ-QUIÑONES

Colaboração de Andre Bittencourt (PPGSA/IFCS),
Introdução e tradução de Vinícius Volcof Antunes,

Humanas das Humanas é a série do Circuito Acadêmico que busca mostrar os bastidores da produção do conhecimento científico, seu lado humano, através de duas ou três perguntas aos nossos entrevistados internacionais. Na primeira edição, conversamos com o sociólogo Michael Burawoy da Universidade da Califórnia (Berkeley), discutindo os prós e contras do fazer sociológico.

Nesta nova edição, conversamos com o professor Arcadio Díaz-Quiñones da Universidade de Princeton. Natural de Porto Rico, ele coordena o Programa de Estudos Latino-americanos (PLAS) e ocupa a cátedra emérita de espanhol naquela universidade. Recentemente publicou no Brasil o livro “A Memória Rota: Ensaios de Cultura e Política” (Companhia das Letras). Na véspera de vir ao país, ele respondeu a três perguntas do C/A:

Continuar lendo HUMANOS DAS HUMANAS: ARCADIO DÍAZ-QUIÑONES

Qual o significado da dependência acadêmica na atualidade?

Por Raphael Lebigre

O que significa, em pleno século XXI, a dependência acadêmica nas ciências sociais? Procuro no presente texto apresentar sucintamente este tema pouco discutido e relativamente novo na disciplina. Para tanto, tento dialogar dois autores que se complementam, Sayed Farid Alatas e Wiebke Keim.

O sociólogo malaio, Farid Alatas (2003, p.603)., no seu artigo “Academic dependence and the global division of labor in the social sciences”, nos sugere que a dependência acadêmica está, em seu intimo, vinculada com uma relação histórica de cunho colonial. Hoje, haveria, segundo ele, um novo tipo de dominação “imperial”, que tornaria as academias do Sul Global direta/indiretamente subordinadas ao direito internacional, ao poder do mercado, financeiro e político de vários países na vanguarda do capitalismo. Para ele, a dependência acadêmica consiste na subordinação que torna as ciências sociais de alguns países à margem da Europa/América do Norte estarem condicionadas pelo desenvolvimento do centro hegemônico. 

Continuar lendo Qual o significado da dependência acadêmica na atualidade?

Produção científica na internet. Como e onde escrever seu texto?

Por Leonel Salgueiro,

     Quais as diferenças entre escrever um texto para revistas científicas e escrever para plataformas digitais, como blogs e sites? Há uma fórmula para o sucesso do seu texto em ambos os lugares? No seu artigo How to write a good article? a socióloga Eloísa Martín, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, apresenta alguns pontos que devem nos guiar na publicação de artigos em revistas científicas. Algumas destas dicas também podem, a meu ver, ser incorporadas às formas de publicação online. Levando em conta a importância de tais mídias, como afirma o filósofo irlandês John Danaher, hoje iremos contrastar as formas de escrever um bom texto nas plataformas online comparando as revistas científicas.

Continuar lendo Produção científica na internet. Como e onde escrever seu texto?

A parentalidade na academia.

Por Leonel Salgueiro,

Quando pensamos no universo acadêmico, qual o impacto da maternidade e da paternidade sobre os profissionais do meio? Filhos são benefícios ou malefícios à carreira profissional? Seria a falta deles uma lógica direta da dedicação exclusiva e do crescimento profissional? O tema permeia o artigo da socióloga Lucila Scavone, “A maternidade e o feminismo: diálogo com as ciências sociais”, além de aparecer em outros textos já citados no Circuito, como a tese da socióloga Marina de Carvalho Cordeiro “Você tem tempo?” e no artigo de Léa Velho e Elena León “A construção social da produção científica por mulheres”. De fato, o tema tem tamanha influência na discussão de gênero e meio acadêmico que me parece mais do que na hora de discutirmos suas repercussões e as maneiras que os cientistas sociais estão lidando até o momento.

Continuar lendo A parentalidade na academia.

O CLAPCS e o Diálogo entre os Aparentados de Família Ibérica.

Por Leonel Salgueiro,

Você já ouviu falar do Centro Latino Americano de Pesquisa em Ciências Sociais? Talvez você o reconheça pela sigla CLAPCS, mas vale ressaltar qual foi a importância desta organização para a construção de um diálogo entre países latino americanos. No artigo “El Centro de la Periferia: Internacionalización de las Ciencias Sociales y Redes Académicas Latinoamericanas.” o antropólogo argentino Ezequiel Grisendi analisa o processo de institucionalização das ciências sociais na América Latina a partir do CLAPCS, sua importância internacional e as críticas que surgem contra a teoria do desenvolvimento neste cenário periférico.

Continuar lendo O CLAPCS e o Diálogo entre os Aparentados de Família Ibérica.