Arquivo da categoria: Artigos e Ensaios

Irrelevância Sociológica

por Vinícius Volcof Antunes,

Em texto bastante polêmico publicado pelo The Chronicle of Higher Education em julho, a pesquisadora Danah Boyd questiona o risco da perda de relevância das ciências sociais devido a nossa estrutura acadêmica e a postura apartada que temos diante das reflexões que partem da própria sociedade. Em Why Social Sciences Risk Irrelevance? (Por que as ciências sociais correm o risco da irrelevância?, em português), seguindo a discussão iniciada por Kenneth Prewiitt, Boyd argumenta que as mesmas bases que construímos para garantir nossa legitimidade e, mais pragmaticamente, o próprio financiamento de nossos estudos, têm causado o efeito perverso de nos afastar das questões que a sociedade faz sobre si mesma e hierarquizado nosso trabalho, de modo a limitar os diálogos tanto internos quanto externos ao espaço acadêmico. A seguir, reproduzo as ideias gerais do artigo, com traduções próprias dos enxertos inseridos, complementando com reflexões e eventuais críticas sobre algumas de suas afirmações.

Continuar lendo Irrelevância Sociológica

As lutas das mulheres numa era global

Por Barbara Grillo e Edmar M. Braga Filho

e32 (1)m um mundo cada vez mais globalizado, a emergência de conflitos tem constituído desafio não só para os movimentos sociais, mas também para a própria sociologia. Pensando nos processos globais e  a construção de identidades políticas, ações coletivas e como se estruturam os movimentos sociais, procuramos fazer algumas reflexões sobre processos dentro do movimento feminista contemporâneo. Para isso, utilizaremos a perspectiva de sociedades globais, como também análises sobre a formação de identidades coletivas na globalização e o conceito de individualização. Pensando os feminismos como uma mobilização heterogênea, ressaltaremos os paradoxos emergentes nesses movimentos, observáveis globalmente.  Além disso, enfatizaremos a importância dos processos individualizatórios para a percepção das mulheres como uma classe, relevante para a formação de movimentos sociais protagonizados por essas mulheres. Continuar lendo As lutas das mulheres numa era global

O legado de Neide Esterci às ciências sociais

por Vinícius Volcof Antunes

No último dia 20 de junho, o Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da UFRJ recebeu o seminário A contribuição de Neide Esterci para os estudos rurais e ambientais no Brasil, organizado pelo Núcleo de Desenvolvimento, Trabalho e Ambiente (DTA) do departamento de ciências sociais da instituição. Na ocasião, colegas de longa data, parceiros de pesquisa e orientados acadêmicos puderam homenagear uma das pesquisadoras mais relevantes da antropologia rural e ambiental brasileira, autora de mais de nove livros e vinte e cinco artigos, que este ano aposentou-se de suas funções.

Continuar lendo O legado de Neide Esterci às ciências sociais

As ideias são nômades — algumas mais do que outras

Por Edmar M. Braga Filho

As ideias são nômades por natureza. Elas circulam por diferentes contextos, são apropriadas e transformadas. Com o conhecimento científico não é diferente: todos os processos que o constituem, da produção à difusão, nunca ficam restritos ao local de origem. E isso se deve ao fato de que, para ganhar vida, ele precisa ser lido, reconhecido e analisado por cientistas do mundo todo. Como atividade coletiva, a ciência depende da cooperação constante para que seus resultados deem frutos e prosperem.  Continuar lendo As ideias são nômades — algumas mais do que outras

Das (im)possibilidades de uma socioantropologia do desenvolvimento

Por Vinícius Volcof Antunes

Assim como outras áreas do conhecimento, a sociologia é composta por alguns grandes temas, que parecem render produções e debates constantemente renováveis, mas também por assuntos mais sazonais, que surgem diante de contingências históricas e depois arrefecem, podendo reaparecer em momentos mais oportunos. Assim se deu com as abordagens acerca do desenvolvimento.

Neste texto passearemos, com Peter Schroder (1997; 2014), pelas origens desse campo disciplinar, destacando seu complexo questionamento inicial. Já com Guilherme Radomsky (2011), traçaremos uma ponte histórica, observando alguns dos principais debates desse meio. Por fim, com Marcelo Carneiro (2012) destacaremos algumas abordagens metodológicas, pontuando também limitações e desafios que lhe surgem diante de uma realidade social complexificada.

Continuar lendo Das (im)possibilidades de uma socioantropologia do desenvolvimento

A posição do conhecimento

Por Edmar M. Braga Filho

Todo posicionamento envolve algum tipo de relacionamento. Seja para localizar-se em um debate, ou para demarcar diferenças. Para Patrick Baert, não há muito espaço para ingenuidade. Em seu artigo Positioning Theory and Intellectual Interventions, o sociólogo delineia a estrutura básica do que ele denomina teoria do posicionamento, aplicada aos estudos da sociologia dos intelectuais. Continuar lendo A posição do conhecimento

Sofrimento emocional na formação acadêmica

Por Vinícius Volcof Antunes

Escrevendo em seu blog pessoal, a PhD em Física Jennifer Walker apresenta um relato íntimo dos desafios psicológicos que enfrentou ao longo de sua trajetória acadêmica, quase a incapacitando de concluí-la, suportando à base de perigosas misturas de ansiolíticos com álcool e práticas de autoflagelação. Já tendo tratado da questão de saúde mental dos acadêmicos aqui no Circuito, esse artigo propõe retomar a matéria, incluindo novos elementos de discussão e indicando novas reflexões.

Continuar lendo Sofrimento emocional na formação acadêmica