Edgardo Lander e os desafios da sociologia latino-americana

Por Vinícius Volcof,

Edgardo Lander é sociólogo e professor da Universidad Central da Venezuela, além de membro do Comitê Permanente de Pesquisa em Desenvolvimento Alternativo da Fundação Rosa Luxemburg (Quito) e pesquisador associado do Transnational Institute.

Associado ao pensamento marxista, é considerado um dos líderes do pensamento sociológico latino-americano, discorrendo sobre o regime político de seu país de origem, a Venezuela, bem como sobre colonialismo científico e novas epistemologias do Sul Global. Organizador da obra A Colonialidade do Saber: eurocentrismo e ciências sociais: perspectivas latino-americanas. (Buenos Aires: CLACSO, 2005), escreveu também diversos outros trabalhos.

No Circuito Acadêmico, seu trabalho já foi analisado em Ciências Sociais, Colonialidade e Eurocentrismo: a visão de Edgardo Lander, por Ed Machado, além de inúmeras outras vezes em que fora citado.

No depoimento abaixo, concedido à professora Eloísa Martin, o sociólogo fala sobre os desafios do fazer sociológico na contemporaneidade, especialmente na América Latina:

Inscreva-se em nosso canal no YouTube!
Acompanhe nossas redes sociais: Facebook | Twitter

Anúncios

O que você tem a dizer sobre isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s