A Sociologia na Era da Informação: um novo padrão de trabalho para o Sociólogo do século XXI

Por Joanna Cassiano

Na sociedade da informação todas as esferas da vida pública estão cobertas por algum tipo de processo informatizado, relacionado à chamada inteligência artificial. No artigo “As possibilidades das Metodologias informacionais nas práticas sociológicas: por um novo padrão de trabalho para os sociólogos do século XXI”, José Vicente Tavares dos Santos, pesquisador e professor titular do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, discute a constituição de um novo padrão de trabalho científico, orientado pelo uso das metodologias informacionais.

Segundo o autor, o desenvolvimento das tecnologias da informação expande as possibilidades epistemológicas na prática da pesquisa sociológica. Isso porque estamos diante de ferramentas que “amplificam, exteriorizam e modificam numerosas funções cognitivas humanas: memória, imaginação, percepção”. (Pierre Levy, 1999). Essas tecnologias, tomadas na perspectiva cognitiva, impulsionam novas formas de organização, capazes de inventar e construir conhecimento.

Definir o objeto da pesquisa, criar um plano de trabalho, alocar recursos, monitorar o projeto. Todas essas etapas do trabalho científico encontram-se hoje organizadas e estruturadas a partir de ferramentas digitais, que possibilitam uma maior flexibilidade no tempo/espaço, resultando no que o autor define como uma maleabilidade informacional transformadora. Além disso, o acesso a bases de dados através da Internet permite ainda a abertura de um largo horizonte de informação virtual.

O uso da Internet como estratégia de ensino e pesquisa em Ciências Sociais implica distinções quanto aos meios e quanto aos conteúdos. A ferramenta atua, de um lado, como um canal de comunicação entre professores e estudantes, além de relevante fonte de conteúdo. Dessa forma, expande e propicia o acesso a uma infinidade de conteúdos, já que, por exemplo, materiais das bibliotecas tradicionais passam a poder ser acessados por qualquer pessoa, de qualquer lugar, ampliando a disponibilidade de arquivos disponíveis para o estudante ou pesquisador que outrora não teriam acesso, ou teriam acesso dificultado, a determinados livros ou textos.

Para poder trabalhar frutiferamente com bases de dados mundiais, o autor sustenta que o sociólogo precisa resolver o problema do acesso à informação, mediante a definição clara e precisa de categorias especificadas, hierarquizadas e compreensivas, expressas em um conjunto de palavras-chave. Isso porque é esse conjunto de termos que permitirá, a partir dos sistemas de busca e identificação de fontes, uma localização viável e uma leitura efetiva do trabalho em questão, estabelecendo de fato um processo comunicativo. Segundo o autor, talvez o mais crucial para a pesquisa na era da web seja precisamente a construção dessas palavras-chave, derivadas dos objetos do projeto. É o que poderíamos chamar de codificação virtualizada da prática científica.

O pesquisador ressalta ainda que os cientistas sociais estão cada vez mais explorando as possibilidades de uso das ferramentas informacionais, redefinindo ou potencializando as estratégias de pesquisa qualitativas e quantitativas. Reforça que entre alguns exemplos de aplicativos disponíveis para sociólogos estão aqueles utilizados na montagem das bases de dados (Foxpro, Acess), na análise e explanação de variáveis (SPSS, Sphinx), no estudo de caso, no processamento de textos e na transcrição de entrevistas (WordPerfect), nos métodos de reconstrução histórica (Scan, OCR), etc. Segundo o autor, toda gama de metodologias informacionais somente será útil às práticas sociológicas se forem incorporadas a uma operação na qual o conhecimento é uma aventura que não somente comporta riscos, mas que se nutre de riscos.

Artigo completo disponível em: http://www.scielo.br/pdf/soc/n5/n5a07.pdf

Anúncios

O que você tem a dizer sobre isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s