“Ciência distorcida”

 

Por Julia França

O produtivismo, como método racional, anteriormente destinado a indústria e administração de empresas, é transplantado para a academia e aplicado pelas agências de fomento e administrações universitárias. Como resultado, um conjunto de distorções. Em um ambiente de competição por recursos públicos, de produção em massa, de inflação das publicações, e do monitoramento do desempenho de professores e pesquisadores, temos também empilhamento de citações, “requentamento” de produção, arranjo ou combinação de publicações, fraudes, plágios… O desafio da qualidade no produtivismo acadêmico é discutida pelo professor Ivan Domingues, em “Ciência Distorcida”. Para saber mais: http://cienciahoje.uol.com.br/revista-ch/2013/310/produtividade-academica

Anúncios

O que você tem a dizer sobre isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s